CNH Digital: Aprenda a fazer e atualize sua habilitação

Embora a CNH digital represente uma solução prática, muitas pessoas ainda não conhecem essa alternativa à habilitação tradicional.

A versão eletrônica da carteira de motorista brasileira foi criada, em 2017, para desburocratizar o processo de emissão e facilitar a vida do condutor, inclusive quem está planejando se habilitar e comprar um carro.

Portanto, se você deseja saber como emitir a sua, continue lendo este artigo que o Grupo Capital preparou.

 

Como funciona a CNH Digital?

A CNH-e é a versão eletrônica da Carteira de Habilitação, ou seja, tem o mesmo valor jurídico que a versão impressa. Entre seus diversos benefícios, ela torna a vida do condutor mais fácil e garante mais segurança.

Para ter acesso a essa solução, o motorista precisa apenas se cadastrar no Detran e depois baixar o aplicativo (Android e iOS), desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO).

Dessa forma, quem esquecer a Carteira de Habilitação física em casa não corre o risco de ser multado caso pare em uma blitz.

 

Quem pode ter uma carteira de habilitação digital?

Todos os condutores habilitados podem ter a CNH digital, inclusive aqueles que têm o documento provisório. 

Entretanto, é necessário que a versão impressa contenha o QR Code (código bidimensional) no verso, disponível nas carteiras de habilitação emitidas a partir de março de 2017.

Os motoristas que não tem esse novo modelo, pode solicitar uma segunda via ou aguardar a próxima renovação

É importante ressaltar que quem não tiver esse modelo tem duas alternativas: pagar para ter uma segunda via (que virá com o QR Code) ou aguardar até a próxima renovação de seu documento de habilitação.

 

Por que a CNH Digital vem se tornando tão importante no Brasil?

Essa versão eletrônica facilita a vida do motorista, afinal, o documento pode ser acessado a qualquer momento no celular. 

Além disso, os dados do condutor são criptografados, o que torna a CNH digital mais segura.

Desde o seu lançamento, em 2017, até este ano, mais de um milhão de pessoas baixaram o aplicativo Carteira de Trânsito Digital. 

Em São Paulo, por exemplo, a procura pelo novo formato cresceu 70% em 2020, de acordo com dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). 

Grande parte deste aumento deve-se ao fato da possibilidade de emitir o documento sem precisar ir em uma unidade do Detran.

 

Benefícios da CNH Digital

Assim como a maioria dos documentos eletrônicos, essa versão da carteira de motorista tem diversas vantagens, veja a seguir.

1. Emissão simples

Um dos principais benefícios da CNH digital é que ela é emitida pelo celular, ou seja, você pode solicitar essa versão do conforto da sua casa ou de qualquer lugar. 

Não é preciso agendar visitas ou enfrentar longas filas.

O processo todo é bem simples, como mostraremos abaixo.

2. Sempre ter a CNH à mão

Esquecer a carteira em casa pode resultar em multa de R$ 88,38 e três pontos na carteira. Com a versão eletrônica, isso não é um problema.

O celular tornou-se um acessório indispensável na vida das pessoas, logo ninguém sai de casa sem ele. Dessa forma, o condutor que tem a CNH digital terá sempre a sua habilitação à mão.

Por outro lado, ele poderá ainda resolver qualquer assunto burocrático que necessite de algum documento de identificação, pois a carteira eletrônica tem validade jurídica.

3. Maior segurança contra fraudes

Apesar de existirem muitas fraudes e crimes cibernéticos, o risco de algo dessa natureza acontecer com a carteira de habilitação eletrônica é mínimo. 

Essa versão possui tecnologia que impede que outras pessoas criem um documento falso.

Do mesmo modo, todos os dados do condutor são criptografados e é necessário apresentar um pin para acessá-la no celular.

CNH Digital: Passo a passo para fazer a sua

O processo para emitir a carteira eletrônica é gratuito no Distrito Federal e bem simples, veja a seguir:

  1. Certifique-se de ter a versão impressa da CNH com QR Code;
  2. Em seguida, realize o cadastro no Portal do Denatran;
  3. O sistema então envia um código de ativação para o email informado no passo anterior;
  4. Depois baixe o aplicativo Carteira de Trânsito Digital na Apple Store (iOS) ou PlayStore (Android);
  5. Para iniciar o aplicativo, use o seu CPF como login, a senha de acesso do Portal do Denatran e o código de ativação recebido no email; 
  6. O usuário deverá apresentar um certificado digital (assinatura eletrônica) ou ir em uma unidade do Detran DF;
  7. Por fim, será preciso criar uma senha de quatro dígitos (PIN) para acessar o aplicativo.

 

Principais dúvidas sobre a CNH Digital

Como a carteira eletrônica é um formato relativamente novo, muitas pessoas ainda têm receio de fazer a sua. Por isso, o Grupo DF separou alguns tópicos para ajudar a esclarecer suas dúvidas. 

A CNH Digital é Segura?

Sim. Essa versão da carteira eletrônica foi desenvolvida através de uma série de padrões técnicos que garantem sua validade e segurança.

Ainda assim, todos os dados do condutor são criptografados. Além disso, é preciso apresentar um certificado digital ou a liberação no Detran para evitar crimes de falsidade ideológica.

O documento digital substitui o físico?

Embora a CNH digital possa ser apresentada no lugar do formato físico, ela não substitui a impressa. Isso porque a carteira de habilitação tradicional é essencial para emitir e validar a versão eletrônica.

É preciso de internet para utilizar a carteira digital?

Não. A conexão com a internet só é necessária na primeira vez que o motorista usa o aplicativo. Depois o documento fica disponível em modo off-line.

Apesar disso, o condutor precisa manter o celular carregado. Caso contrário, ele poderá ser multado caso passe por uma blitz e não apresente a CNH digital por falta de bateria.

E se roubarem o dispositivo móvel?

Caso o motorista tenha o seu celular roubado, basta ele entrar no site do Denatran e solicitar o bloqueio da carteira de habilitação eletrônica. Se ele mantiver o mesmo número de celular, basta desbloqueá-la posteriormente. 

Entretanto, se ele mudar de número, deverá ir ao Detran DF para cadastrar o novo.

Ainda assim, nenhuma outra pessoa consegue acessar as informações do documento sem digitar o PIN.

Vale a pena ter uma CNH Digital? 

Sim. Com essa versão do documento de habilitação o dia a dia do motorista se torna mais simples, pois caso esqueça a carteira, não terá problemas com a fiscalização.

Do mesmo modo, ele ainda pode usar a carteira eletrônica em outros processos oficiais, pois ela tem validade jurídica.

Agora, se você está tirando a primeira habilitação e planeja comprar um carro, fale com um de nossos consultores e conheça os planos do consórcio veicular do Grupo Capital.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *