Lance de consórcio: O que é e como fazer para participar de um!

Apresentar um lance de consórcio é uma alternativa que alguns consorciados encontram para antecipar sua contemplação. Da mesma forma que acontece em leilões, a pessoa apresenta um valor e se ele for o maior, vence.

Em muitos casos, o cotista pode usar, além de recursos próprios, parte da carta de crédito, bens materiais e até mesmo o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Apesar disso, cada administradora tem suas regras e especificidades.

Agora, se você deseja saber quais os tipos de lances existentes e como fazer para ofertar um, continue lendo este artigo que preparamos para você!

 

O que é um lance de consórcio?

O lance de consórcio é um adiantamento oferecido por uma pessoa do grupo para antecipar sua contemplação. Ou seja, o consorciado apresenta um valor para pegar a sua carta de crédito.

O cotista só paga se o seu lance for aceito. E, neste caso, a quantia é descontada do seu saldo devedor.

Dessa forma, a pessoa precisa entrar em contato com a administradora e formalizar seu interesse em antecipar a contemplação através do lance.

As regras variam de uma administradora para outra e devem estar explícitas no contrato.

 

Por que o lance de consórcio é tão importante?

Um grupo de consórcio pode durar de um a doze anos, dependendo do objetivo inicial. Assim, muitas pessoas precisam contar com a sorte para ser contemplada logo nos primeiros meses ou ano, uma vez que esse produto funciona por sorteio.

Já o lance, por sua vez, é uma chance que o consorciado tem de adquirir um bem ou serviço, sem precisar ser sorteado.

 

Os principais tipos de lance de consórcio 

Cada administradora tem regras específicas sobre os lances que aceitam. Entretanto, existem alguns tipos que são principais, como:

  • Livre;
  • Fixo;
  • Embutido;
  • Bens;
  • FGTS.

Veja a seguir cada um deles.

1.Lance Livre 

Nesse tipo de lance de consórcio não existe um valor determinado para cada oferta. Entretanto, pode ser que a instituição bancária tenha um percentual mínimo que cubra não só o crédito, mas também a taxa de administração e o fundo de reserva.

O vencedor será aquele que apresentar um lance maior. E em casos de empate, a gestora do consórcio realiza um sorteio ou outros critérios para decidir o contemplado.

2.Fixo

Algumas administradoras definem um valor ou percentual fixo do lance previamente.

Como a quantia é igual para todos, as chances de ocorrerem empates são maiores. Nesse sentido, a administradora pode realizar um sorteio para definir o vencedor.

3.Lance embutido

Em muitos casos, o consorciado tem a opção de usar parte do valor do crédito como lance. Assim, se o consórcio é de R$60 mil e uma pessoa oferecer R$20 mil, ela só recebe R$40mil ao ser contemplada.

Portanto, o lance embutido possibilita a antecipação da carta de crédito, mesmo quando o cotista não tem dinheiro para ofertar. Contudo, cada grupo tem regras específicas para esse tipo de lance de consórcio.

Além disso, a modalidade também pode ser em conjunto com o livre e o fixo. Em ambos os casos, o cotista apresenta uma quantia em dinheiro e uma parcela descontada do valor do crédito à receber na contemplação.

De toda forma, a pessoa precisa avaliar se valor final, após abatimento do lance, atende suas necessidades.

4.Bens como garantia

Uma outra forma de antecipar a contemplação é oferecendo uma casa ou carro quitado como lance de consórcio, principalmente se o objetivo é trocar esses bens por outros novos.

As administradoras que aceitam esse formato, avaliam o bem, através de uma corretora, para definir seu valor e, consequentemente, o do lance.

5.FGTS

Quem faz um consórcio imobiliário tem a possibilidade de usar o seu FGTS como lance livre, fixo ou embutido. Para isso, é preciso manifestar o interesse e apresentar o extrato do fundo.

O Fundo de Garantia é um recurso usado não só em consórcios, mas também em financiamentos. Entretanto, o Sistema Financeiro Habitacional (SFH) tem regras específicas para adquirir um imóvel pronto ou na planta, como:

  • Ele esteja localizado em área urbana;
  • O titular não tenha usado o recurso para comprar outro imóvel ou pagar um consórcio;
  • A pessoa não tem outro imóvel em seu nome.

 

Em quais tipos de consórcio o lance é indicado?

Geralmente, o lance de consórcio é recomendado para as modalidades que duram mais tempo e que tem o valor alto, como é o caso do consórcio automotivo, imobiliário e agrícola.

Consórcios automotivos

Esse é o tipo de consórcio em que as pessoas mais apresentam lances, afinal, a carta de crédito geralmente não possui um valor muito alto, se comparado com a de imóveis.

Portanto, a pessoa que contrata um consórcio de veículos pode apresentar um lance livre ou fixo, dependendo das regras de administradoras, usando recursos próprios ou parte da carta de crédito (lance embutido).

Consórcio imobiliário

Quem deseja adquirir um imóvel residencial ou comercial também pode antecipar sua contemplação por meio de lances.

Esse tipo de consórcio dura entre cinco e doze anos e, por isso, é destinado para quem não tem urgência. Porém, pode ser que as prioridades da pessoa mudem e ela necessite ir para sua casa própria o quanto antes. 

Dessa forma, caso ela tenha uma quantia significativa, poderá oferecer e antecipar sua contemplação. Além disso, poderá ainda usar seu FGTS.

Consórcio agrícola

Essa é outra modalidade muito indicada para quem deseja antecipar sua carta de crédito. O consórcio agrícola é destinado para a ampliação de negócios do setor da pecuária e da agricultura.

Portanto, ele é destinado na compra de terrenos, aquisição de roçadeiras, tratores, colheitadeiras ou ainda para construir um armazém ou silo.

 

Como fazer para dar um lance de consórcio assertivo?

Cada pessoa pode apresentar qualquer valor, mas para ter o lance aceito é importante se atentar à alguns fatores, como:

  • Perfil do grupo;
  • Regras do Contrato:
  • Percentual mínimo.

Conheça o perfil do seu grupo de consórcio

Primeiramente, é fundamental conhecer o perfil dos demais consorciados. Para isso, participe de algumas assembleias antes de apresentar seu lance.

A ocasião é uma boa oportunidade para observar os valores que estão sendo apresentados e o percentual dos lances vencedores.

O interessado em antecipar a contemplação, pode ainda solicitar à administradora um relatório dos últimos lances apresentados. O documento ajuda a entender o potencial de oferta dos demais cotistas.

Leia o contrato com atenção

O documento contratual possui todas as regras e especificidades estabelecidas pela administradora para a apresentação dos lances de consórcio. 

Logo, é fundamental conhecê-lo antes de ofertar qualquer valor e, assim, aumentar as chances de ser contemplado.

Tenha pelo menos 30% do valor para oferecer

Por fim, é importante ainda que o cotista tenha no mínimo 30% do valor total do crédito para oferecer. Dessa forma, vale a pena acumular esse percentual antes de oferecer um lance de valor abaixo e não ser contemplado.

 

Dar um lance de consórcio é uma boa alternativa? 

Sim, principalmente para quem tem pressa e já reuniu todas as informações essenciais para apresentar uma oferta assertiva.

Contudo, é preciso analisar o planejamento financeiro previamente para não correr o risco de ficar no vermelho ou se endividar por conta disso.

Agora, se você deseja adquirir um bem por meio de um consórcio, entre em contato com o Grupo Capital e conheça as melhores de acordo com as suas necessidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *